quarta-feira, setembro 23, 2020
Home / Curiosidades / 40 imagens que provam que você tinha que crescer nos anos 80 e 90 mesmo

Anuncie aqui a sua empresa

40 imagens que provam que você tinha que crescer nos anos 80 e 90 mesmo

Ninguém sabia que diabos estava acontecendo.

1. Naquela época, era normal criança se vestir com roupas que mais pareciam saídas de um sex shop.

Era muita corrente, bota e shortinho com a moda das Paquitas.

2. Isto porque, as nossas apresentadoras infantis eram beeeeem descoladas.

Reprodução/Dreamvision /

Xô baixo astral!

3. Descoladas MESMO.

A apresentadora Mara Maravilha posa naturalmente para a Revista Manchete.

 

4. Ainda mais se o programa fosse apresentado por um homem vestido de senhorinha com um morango no nariz.

Saudades Vovó Mafalda.

 

5. Ou por personagens assustadores como o Fofão.

Que bochecha é essa?

6. E o palhaço Bozo.

Socorro, mano.

7. Os desenhos animados eram bem moderninhos, como o Pica-Pau que volta e meia estava de drag.

 

O personagem surgiu nos anos 1940 e foi reprisado exaustivamente pelo SBT nos anos 80 e 90.

 

8. E o Pernalonga que vivia lascando beijo nos caras.

E o povo hoje ainda preocupado com beijo gay na novela das nove.

 

9. Ainda tinha umas propagandas simplesmente MANDANDO as crianças comprarem chocolate.

10. Ou jogando na sua cara que você não tinha a tesoura do momento.

11. Aliás, não tinha isso de “conteúdo impróprio” no Brasil, né Xuxa?

Ela pediu casualmente para o Renato Gaúcho ficar de cueca no quadro “Intimidades” do programa dela.

 

12. E teve o Ayrton Senna contando no ouvido dela o que ele queria ganhar de Natal.

Pela cara dela era coisa boa.

13. Ou quando a Angélica recebeu esta banda no seu programa.

Os Cascavelletes devem ter feito sucesso entre as crianças.

14. E quando ela cantava essa letra de “Vou de Táxi” pra molecada.

Pera, quantos anos ela tinha?

15. Teve a Regininha Poltergeist performando de lingerie no meio da tarde no “Programa Livre”.

Foi numa apresentação do Fausto Fawcett e as loiras do Básico Instinto.

 

16. A Tiazinha também aparecia de lingerie no “H” depilando os caras.

Loucura, loucura, loucura.

17. E ainda virou super-heroína do “As Aventuras de Tiazinha” porque ela apelava muitão ao público infantil.

Com direito a roupa fetichista e tudo.

 

18. Além de emplacar a música “Uh! Tiazinha” com o Vinny.

Sim, o dono do hino “Mexe a Cadeira”.

19. Sua sucessora, a Feiticeira, entrou na onda realizando os desejos de participantes que nem tinham barba na cara ainda.

Não é feitiçaria, é tecnologia!

20. Na época do carnaval, a sua “Sessão da Tarde” era normalmente interrompida pela Valéria Valença pelada.

Com animações futuristas do Hans Donner.

 

21. Aos sábados, você fazia um lanchinho diante da TV enquanto assistia concurso de transformistas no “Show de Calouros”.

A gente era feliz e não sabia.

 

22. E mais tarde ainda tinha a Vera Verão lacrando em “A Praça É Nossa”.

 

23. Ou a Eliana cantando no “Sabadão Sertanejo” em meio às gatas molhadas.

24. Já no domingo em família, tinha atrações como o Tiririca na “Banheira do Gugu”.

 

25. Ou uma performance pra lá de animada das meninas do Banana Split ralando uma na outra.

Acompanha figurino ousado.

26. E o quadro “Batimentos Cardíacos” que envolvia strip tease de homens e de mulheres.

“Ela merece, ela merece!”

27. Metade da sua infância foi dominada por imagens rebolativas do É O Tchan na TV.

28. E, de alguma forma, a Carla Perez passou de sex symbol…

29. … a um fenômeno entre as crianças.

30. Até que o “Domingão do Faustão” parou o país com o concurso da nova dançarina da banda.

Nos apresentando Scheila Carvalho.

31. E depois veio o concurso da Scheila Mello, tornando julgar bundas a atividade preferida da sua família.

32. O fenômeno das bandas de axé ainda fez todo mundo dançar na boquinha da garrafa nas festas infantis.

33. E também a dança do strip tease. Oi?

 

34. Até gerar uma versão de axé mirim e muito inapropriada chamada Mulekada.

Alguém explica isso pelo amor de Deus.

35. Aquela época não era muito conhecida pelo politicamente correto, que o diga o Mussum.

Seu personagem era conhecido por ser beberrão em “Os Trapalhões”.

36. Ou a capa da Luciana Vendramini para a Playboy. Vestida de Paquita. Aos 17 anos.

37. Quem sabe a Isadora Ribero pelada TODOS OS DIAS na abertura da novela Tieta.

38. E os peitinhos da abertura de Pedra Sobre Pedra.

 

39. Até o LP da trilha sonora da novela “Brega e Chique” tinha aquela famosa bundinha estampada.

40. Mas não é de se espantar, se lembrarmos que o presidente da época estampava os jornais do país com esta foto.

No carnaval de 1994, o presidente Itamar Franco foi clicado ao lado de uma modelo sem calcinha. Apenas.

Fonte: buzzfeed
 

Verifique também

OPERAÇÃO SOTERIA – MP, PC e PM deflagram operação contra facção criminosa para desarticular ações contra agentes de segurança pública

O Ministério Público do Estado de Rondônia, por meio da 2ª Promotoria de Justiça da …