segunda-feira, março 8, 2021

Aos 82 anos, morre em Cuiabá ex-governador de RO

Angelo-capa-300x295

Morreu no final da tarde desta segunda-feira, 3, o ex-governador de Estado de Rondônia Ângelo Angelin, de 82 anos.

Angelin estava internado desde o dia 18 de junho no Hospital Santa Rosa em Cuiabá-MT.

O ex-governador tratava de diverticulite, ou seja, inflamação no trato digestivo, mas não resistiu e acabou morrendo no final da tarde.

Angelin será sepultado em sua cidade Natal Capivari-São Paulo. A seu pedido o caixão será coberto com a bandeira de Rondônia.

Leia em resumo a trajetória de Ângelo Angelin:

Ângelo Angelim (Capivari,SP, 21 de janeiro de 1935) era um professor e político brasileiro que foi governador de Rondônia.

Filho de Salvador Angelim e de Ana Capriolli. Começou a lecionar no ano em que ingressou na Universidade de São Paulo onde ao final de cinco anos (1967-1972) graduou-se em Letras, Filosofia e Administração de Empresas. A partir de 1977 passou a residir em Rondônia e foi trabalhar na Serraria Pau-Brasil, madeireira de sua propriedade.

Nomeado Secretário Municipal de Educação de Vilhena em 1977, acumulou o cargo com o de administrador do então distrito de Colorado do Oeste. Em 1982 foi eleito deputado estadual e nessa condição foi relator da comissão que elaborou a constituição de Rondônia, primeiro vice-presidente do diretório estadual do PMDB e presidente da Assembleia Legislativa, renunciando ao mandato após ser nomeado pelo presidente José Sarney o último governador biônico de Rondônia em 1985. Em 1990 disputou a eleição para senador pelo PSC não alcançou êxito. Após esse fato desligou-se da política e passou a residir em Vilhena.⁠⁠⁠⁠

Texto: Extra de Rondônia

Foto: Reprodução

Verifique também

Em Vilhena, homem leva tiro após revelar desejo de transar com mulher de amigo

Um homem foi baleado durante uma discussão motivada por ciúmes na noite deste domingo, 21 …