segunda-feira, março 8, 2021

Câmara Municipal – Última sessão do ano, é marcada por bate-boca e acusações

vereadores-votando-696x392Dizem que às vezes a sorte passa ao lado, nessa hora é necessário ser inteligente para saber aproveitar o momento.

Pois bem, na última sessão da Câmara Municipal de Vereadores de Espigão do Oeste, a oportunidade bateu a porta dos vereadores, a porta, de um legislativo desgastado, que se encontra em ruína moral. É oportuno lembrar, que de fato, não é possível atestar corrupção financeira por parte dos vereadores, contudo a corrupção moral tem sido a marca do atual legislativo.

Nunca é demais lembrar o famigerado projeto de aumento exacerbado do IPTU, que foi votado às escuras, sem conhecimento algum da maioria dos edis de Espigão do Oeste.

E o que falar da identidade de gênero? Não é de se duvidar que até hoje, alguns deles, ainda desconheçam o assunto em sua essência.

E outras tantas manobras feitas nos bastidores que em nada contribuem para o bom andamento da sociedade.

Caso tivesse sido aprovado o projeto, os vereadores teriam no próximo ano, a oportunidade de mostrar serviço de fato para a população, poderiam enfim, dar soluções para os problemas da sociedade, seria possível destinar recursos para as necessidades reais da população. Eles que são o elo mais próximo do povo com o poder, conseguiram levar soluções reias, para as comunidades locais, já que diariamente são cobrados pelo povo.

Cada vereador teria direito a R$ 100 mil de emenda parlamentar por ano. Era a oportunidade de mostrar serviço a população sem a necessidade de suplicas ao executivo, “era o fim do cabresto.” A maioria(seis) queria a liberdade, mais cinco deles não, e para que a corda fosse cortada, eram necessários 7(sete) votos.

Mas o Prefeito participou da sessão, articulando, pressionando, e segundo o vereador Adriano, estava também ameaçando os vereadores. Então, os vereadores Darci Kischener, Sedi do Pacarana, Luiz Antônio (Paca), Eliotério Valério e Cosmo Novaes, pareciam dizer que não precisavam de emendas parlamentares.

Apegando-se ao Portal da Transparência, nos últimos dois anos somente em viagens (diárias), estes 5 vereadores juntos, gastaram R$ 100.619,06 (Cem mil, seiscentos e dezenove reais, e seis centavos). E ainda assim, se apresentaram contra emendas parlamentares, o vereador Paraíba em seu discurso deixou a pergunta: O que é que justifica ir para Brasília atrás de emenda? Foi passear ou foi atrás de que?” disse o vereador Paraíba

 

Veja abaixo a discussão e a fala do vereador Paraíba.

Discussão no plenário e votação

Vereador Paraíba

Fonte: PortalEspigão

 

Verifique também

Em Vilhena, homem leva tiro após revelar desejo de transar com mulher de amigo

Um homem foi baleado durante uma discussão motivada por ciúmes na noite deste domingo, 21 …