Doze furtos foram registrados nos últimos 05 dias em Espigão do Oeste

200378_1000-3Nos últimos cinco dias a polícia em Espigão do Oeste registrou doze  furtos à  casas, pessoas e entidades.  Um dos  furtos  foi  registrado na igreja  Assembleia  de  Deus na  rua  Piauí no Bairro Jorge  Teixeira onde  os  larápios arrombaram o local levando cerca  de 350 reais  do escritório da igreja.

Neste mesmo dia  também na UNISP foi  registrado  um  furto na igreja  Cristã do Brasil onde a  porta  foi  arrombada sendo levado dez reais  em moedas. Outro  registro de furto aconteceu  na rua  Vitória onde várias  peças de  roupas  foram levadas. Na Rua Piauí próximo a escola Clélia também foi registrado  um furto de um motor circular  na Marcenaria  dos  Baianos, já  na  rua  Grajaú foi registrado um furto de um  ventilador , na  rua  Minas Gerais no centro de  Espigão  de oeste foi  furtado de uma  residência onde os  larápios levaram uma  botija  de Gás e um celular ASUS e outros objetos pessoais.

A Igreja Luterana registou o furto, neste final de semana onde foi  arrombado o  escritório com uma  barra de ferro quebrando a porta de blindex e furtado cerca  de 50 reais em moedas, já em frente  a  Casa  Portuguesa  foi registrado o furto de uma bicicleta segundo o proprietários,  ele deixou a bicicleta para  trabalhar quando retornou já não viu mais o veículo.

Um dos casos aconteceu do  sábado para  o domingo no forró  do Darci onde uma moto CG placa NBZ 5804 foi furtada, segundo  proprietário o mesmo chegou ao local  para se  divertir por  volta das 21:00hs estacionou sua moto e quando retornou na madrugada  o veículo havia  sumido.

Outro furto  aconteceu  na linha  São Paulo onde  segundo  o proprietário de uma  chácara  o mesmo se  ausentou  e  quando retornou notou  que tinha sido furtado, os  larápios  levaram 25 galinhas 02 porcos, 04 galos  índios 03 galos índios gigante e 16 frangos filhos de galo índio gigante.

O último registro aconteceu no IPRAM segundo o presidente Weliton Campos quando chegaram para trabalhar sentiram alta de vários objetos e  viram que  uma  porta  de madeira improvisada  devido a  construção  no local  estava arrombada,  foram levados  três  CPUs, três monitores, teclados, mouse e  vários objetos de pequeno valor, deixando  um  desfalque no instituto, pois  parte  dos  arquivos internos de muita importância para os trabalhos foram levados pelos  larápios.

A perícia técnica foi acionada, e todos os casos registados na UNISP onde permanecem sob os cuidados da  Polícia Judiciária para  que  possa  ser tomadas  as  medidas cabíveis  aos casos.

Fonte:  Espigãoalerta

Verifique também

Vereador Professor Hermes solicita informações sobre tratamento preventivo contra Covid-19 no município

Durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira, 26 de abril, o Vereador Professor Hermes cobrou do …