quinta-feira, março 4, 2021

Eles voltaram. De quem é a responsabilidade? praça municipal moradia de ébrios. Problema de todos?

IMG_2961-1Espigão – Mais  uma  vez a praça Municipal Paulo Nilo Balbinott, volta a  passar  por situação degradante e insuportável, vários  ébrios  tomaram  conta  da praças onde  passam o  dia bebendo e muitas das vezes brigando uns  com os  outro até mesmo  colocando  em risco pessoas  até mesmo crianças que por ali passam. A princípio, incomoda pela condição humana ali depositada: pessoas, gente, humanos, jogados à própria sorte.

IMG_2956Por outro lado vemos mendigos evacuando nos cantos da praça, bebendo grande quantidade de cachaça, urinando por todos os lados, e dormindo fazendo do local público um hotel.

Mas de quem é a culpa de tudo isto? É da Secretaria Municipal de Assistência Social? Quem deve tomar providências quanto à situação dessas pessoas? Homens que tem feito da praça do nosso município ponto de repúdio e insegurança um local que seria o único ponto de lazer da população Espigãoense, na verdade é um bar coletivo, um banheiro coletivo, um sistema sanitário e de esgoto coletivo e que provoca desconforto a todos que tem passado pela praça e comerciantes  ali próximo . Alguns dos que estão embriagados na praça, são até agressivos, mas merecem atenção pois podem inclusive serem portadores de doenças graves.

IMG_2964É dever da Assistência Social de cada município  que passa  pelo mesmo problema, conhecer a situação social, familiar de cada um destes que ficam jogados na praça e da opção de mudança de  vida, não é um trabalho fácil mais alguma solução terá que  ser  tomada para isso terá que  envolver vários setores em todos os órgãos públicos, mas tem de ser  feito com responsabilidade, comprometimento  e urgência.

IMG_2961IMG_2960IMG_2959IMG_2955IMG_2953IMG_2952IMG_2950Fonte: Evisson/RomiporãFM

Verifique também

Em Vilhena, homem leva tiro após revelar desejo de transar com mulher de amigo

Um homem foi baleado durante uma discussão motivada por ciúmes na noite deste domingo, 21 …