Home / Destaque / Em protesto contra decisão do Judiciário de Rondônia, sociedade se junta em campanha de arrecadação para custear condenação de Marciele Naitz

Em protesto contra decisão do Judiciário de Rondônia, sociedade se junta em campanha de arrecadação para custear condenação de Marciele Naitz

eu556sa46cc1a4fMarciele Naitz Pereira Sampaio foi sentenciada ao pagamento de R$ 4 mil por danos morais à maternidade Regina Pacis, de Porto Velho. Ela não irá recorrer.

Porto Velho, RO – Reverberou negativamente na sociedade a decisão tomada pelo juiz de Direito Rinaldo Forti Silva, da 9ª Vara Cível de Porto Velho, após condenar Marciele Sampaio, mãe do bebê desaparecido Nicolas Naitz, ao pagamento de R$ 4 mil à maternidade Regina Pacis em decorrência de supostos danos morais suportados pela instituição privada de saúde.

A grande maioria das manifestações indica insatisfação com a deliberação do Juízo acerca da questão.

Pensando nisso, o advogado e professor universitário Gustavo Dandolini idealizou uma maneira diferente de protesto, conclamando os cidadãos rondonienses à participação de uma campanha de arrecadação a fim de bancar as diretrizes financeiras impostas pela decisão de Rinaldo Forti.

Marciele, portanto, não irá recorrer da sentença. A maternidade, por outro lado, ainda pode apelar da decisão de primeiro grau para majorar (aumentar) o valor indenizatório. Caso isso ocorra, a campanha será mantida até o final do processo, nos mesmos moldes, com destinação dos valores excedentes à instituição beneficente específica.

No grupo de WhatsApp “Campanha Marciele Naitz”, que pode ser acessado por qualquer pessoas através do link https://chat.whatsapp.com/EjwiuFk3MnlKS0uiyO8eCv, já está pactuada a forma de contribuição.

A própria mãe do bebê que desapareceu há quase cinco anos será gestora e prestadora de contas dos recursos captados. Ela concordou em postar no seu perfil particular no Facebook, de três em três dias, o extrato bancário demonstrando o valor total recebido a cada 72h. Não há prazo para o término da campanha,

A meta inicial da campanha é arrecadar R$ 6 mil, pois o valor engloba a condenação, as custas do processo e também honorários tanto advocatícios quanto de sucumbência.

As doações podem ser feitas através de depósitos ou transferências – em qualquer valor – para a conta poupança abaixo:

____________

DADOS PARA DEPÓSITO E/OU TRANSFERÊNCIA

BANCO BRADESCO
MARCIELE NAITZ SAMPAIO PEREIRA
CPF: 005.687.812-52
AGÊNCIA: 0806
POUPANÇA: 8859640-4

Tudo o que exercer a monta estipulada na campanha será destinado à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Cujubim, em transferência única também comprovada via extrato bancário veiculado no perfil oficial de Marciele Naitz no Facebook.

A campanha encabeçada por Dandolini foi abraçada pelos jornalistas Vinicius Canova, do Rondônia Dinâmica, e Luciana Oliveira, do Blog da Luciana, e, ainda, pelos advogados Vinicius Miguel e Cíntia Paganotto.

Confira abaixo o manifesto da campanha e suas diretrizes

CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO PARA CUSTEAR CONDENAÇÃO DE MARCIELE NAITZ, MÃE DO BEBÊ NICOLAS

Olá, gente. Tudo bem com vocês?

Criamos um grupo no WhatsApp a fim de arrecadar, com apoio da população, recursos suficientes a fim de custear a condenação de Marciele Naitz, mãe do bebê Nicolas, na ação de indenização movida pela maternidade Regina Pacis.

O juiz Rinaldo Forti Silva, da 9ª Vara Cível de Porto Velho, a sentenciou na sexta-feira (31 de março) ao pagamento de R$ 4 mil por danos morais, além de, transitada em julgado a decisão, ter de bancar custas processuais e honorários advocatícios.

Como a decisão do Judiciário reverberou de maneira absurdamente negativa, tivemos a ideia de lançar uma campanha de arrecadação de recursos a fim de que a Marciele possa, com auxílio da sociedade civil organizada, sanar a injustiça cometida no caso, mas também, e principalmente, demonstrar o descontentamento dos rondonienses com as deliberações do magistrado em questão.

Em suma, em vez de seguir o protocolo tradicional incentivando-a a recorrer, façamos um esforço coletivo para que a Marciele não sofra mais.

Em valores somados (condenação, custas, sucumbência e honorários advocatícios), a meta da arrecadação será de R$ 6 mil.

Muito obrigado desde já!

Entre no grupo de WhatsApp através do link: https://chat.whatsapp.com/EjwiuFk3MnlKS0uiyO8eCv

 

Participe, seja solidário, demonstre a sua insatisfação com o Poder Judiciário e contra o Estado de Rondônia.
____________

DADOS PARA DEPÓSITO E/OU TRANSFERÊNCIA

BANCO BRADESCO
MARCIELE NAITZ SAMPAIO PEREIRA
CPF: 005.687.812-52
AGÊNCIA: 0806
POUPANÇA: 8859640-4
____________

Observação – A administração dos recursos recebidos durante a campanha será desempenhada pela própria Marciele Naitz, titular da conta poupança destinada a cumprir a meta de arrecadação;

Observação 2 – Marciele Naitz se compromete a prestar contas dos recursos recebidos publicando o extrato de sua conta a cada três dias durante o período em que durar a campanha de arrecadação e;

2.1 – O extrato será postado na perfil de Marciele Natiz no Facebook, que pode ser acessado através do link: https://www.facebook.com/Marciele.Naitz

Observação 3 – Os recursos eventualmente sobressalentes à meta estipulada serão destinados – com transferência comprovada via extrato bancário – à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Cujubim;

Marciele Naitz
Mãe do bebê Nicolas

Gustavo Dandolini
Advogado e professor universitário

Cíntia Paganotto
Advogada

Vinícius Miguel
Advogado e professor universitário

Vinicius Canova
Jornalista

Luciana Oliveira
Jornalista

Fonte: Rondoniadinamica

Verifique também

Cachorro Pit-Bull atacou funcionária da prefeitura na manhã desta terça-feira em Espigão do Oeste

Na manhã desta terça-feira(25), uma funcionária da prefeitura de Espigão do Oeste, que trabalha na …