Estrutura do Portal Pomerano não suporta o peso das telhas e acaba cedendo

Funcionários da obra retiram as telhas para evitar qualquer tipo de acidente na construção.

Nesta quarta feira o presidente da câmara vereador Darci Kischener foi alertado de que a estrutura do portal pomerano não teria suportado o peso do telhado e cedido alguns centímetros. Preocupado com a segurança do local por se tratar de uma rodovia estadual aonde o trafego de veículos é constante e muito intenso, o vereador se deslocou até o local para verificar a situação do portal. Em conversa com o encarregado da obra foi informado de que após serem colocadas as 1800 telhas de cerâmica sobre a parte que cobre a estrutura metálica do portal cujo vão é de 18 metros sobre a rodovia, os funcionários perceberam a falha na estrutura que sustenta a estrutura de ferro que cedeu aproximadamente 10 centímetros.

IMG_20150923_163929372

Temendo um acidente no local, o encarregado disse ter alertado ao proprietário da empresa responsável pela execução da obra que decidiu pela retirada imediata do material da cobertura do portal. O presidente da câmara Darci Kischener que desde o inicio do projeto procurou colaborar com a execução da obra trazendo um projeto idêntico construído no Paraná, foi proibido de participar das discussões do projeto na cidade de Ji-Paraná pelo responsável da empresa. O vereador questionou que a empresa é contratada pela prefeitura de Espigão para elaborar os projetos do município e ele como vereador é proibido de acompanhar o desenvolvimento do projeto. “Entrei em contato com o responsável pela empresa que se encontra em Brasília ele afirmou estar enviando o pessoal técnico da empresa para verificar o que aconteceu”.

IMG_20150923_164255436_HDR

Darci Kischener afirmou que o portal pomerano esta sendo construído com dinheiro público, são quase R$ 460.000 mil reais e cabe sim aos vereadores acompanharem os trabalhos. “Eu queria apenas colaborar com o projeto, pois o engenheiro do Paraná havia me alertado para tomar cuidado com a dimensão da estrutura, parece que ele estava certo”. Afirmou Kischener. “Agora precisamos ver como a empresa vai proceder de quem é a culpa pelo problema e o que é o principal, o que vai ser feito para resolver o problema e evitar que mais adiante surja outro problema na estrutura e acabe acontecendo uma tragédia no local que como podem ver é muito movimentado”. Afirmou o presidente ao citar o caso que aconteceu na entrada de Rolim de Moura quando uma das placas do arco sobre a rodovia se soltou e acabou ceifando a vida de uma mulher que trafegava na garupa de uma motocicleta.

Imagens no local da obra

IMG_20150923_164048116_HDR

IMG_20150923_164305118

IMG_20150923_164336577

IMG_20150923_164410045

                         Entrevista com o presidente da câmara, vereador Darci Kischener

Fonte: EspigãoNews

Verifique também

Em Vilhena, homem leva tiro após revelar desejo de transar com mulher de amigo

Um homem foi baleado durante uma discussão motivada por ciúmes na noite deste domingo, 21 …