Home / Destaque / Grupo se une para resgatar animais das ruas de Cacoal, RO, e cria associação

Grupo se une para resgatar animais das ruas de Cacoal, RO, e cria associação

Animais são resgatados, cuidados e colocados para adoção — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Desde abril de 2018 a “Associação Protetora de Animais Vira Lata, Vira Amor” vem atuando em Cacoal (RO), município a 480 quilômetros de Porto Velho, com o resgate de animais abandonados, atropelados e em situação de maus tratos. Após receberem o tratamento adequado e estarem restabelecidos, esses animais são colocados para a adoção. Atualmente, o abrigo mantido pela associação por meio de doações, conta com 60 cães e gatos.

Hoje o cão Velhinho brinca, abana o rabo e parece estar feliz, mas nem sempre foi assim. Por muito tempo ele esteve na rua, dependendo da bondade das pessoas para sobreviver. Ele foi vítima de maus tratos e abandono. O local onde teve a oportunidade de recomeçar a vida é improvisado, mas serve de abrigo, para ele e outros animais que antes estavam abandonados.

“Nosso principal objetivo é resgatar, cuidar e proporcionar uma nova chance para esses animais. Dentro do possível, como não temos voluntários suficientes para todas as funções, nós dividimos e temos equipes que cuidam dos resgates, equipes para levar ao veterinário, e todas as funções necessárias”, explicou a vice-presidente do abrigo Natália Pina.

Toda a estrutura do abrigo “Vira Lata, Vira Amor” é mantida com doações. Desde a caixa de remédio, até a madeira usada na construção dos canis. Cerca de 40 pessoas tiram um tempo do dia para dar atenção aos amigos peludos.

A Rosicler Rosiene da Silva Souza é uma das voluntárias, entre as funções dela está a de alimentar e dar água aos abrigados. “Eles precisam de amor e carinho, tem sentimento. Eles nunca te abandonam”, afirma a voluntária.

Cerca de 60 animais incluindo cães e gatos são atendidos no abrigo. A cadela Mili também faz parte. Ela foi encontrada atropelada e acabou perdendo um dos olhos. Agora, já está recuperada e apta a adoção.

 
Ração e remédios para os animais são adquiridos por meio de doações  — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Ração e remédios para os animais são adquiridos por meio de doações — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

No abrigo, cada um dos animais recebe um atendimento especial. O tratamento é de acordo com o estado de saúde em que os animais foram encontrados. Mas tem uma coisa que todos recebem igualmente: o amor dos voluntários.

“Todos que trabalham no abrigo tem boa vontade, amor pela causa. E esse amor e a possibilidade de ver os animais bem, saudáveis e protegidos, é o que nos incentiva a continuar nessa luta que não é fácil”, definiu Pina.

Para seguir com o trabalho de resgate, o grupo também conta com a colaboração da população em oferecer lar temporário aos animais, quando o abrigo está lotado.

A babá Natiely Ferreira Fornazier tem dois cachorros, e mesmo assim resolveu ceder um ‘espacinho’ no quintal para o Negresco, que foi atropelado. “Hoje em dia ele não tem mais lesão, corre, pula, brinca com os outros cachorros, ele é muito feliz”, afirma Natiely.

 
Cerca de 60 animais esperam no abrigo para serem adotados — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Cerca de 60 animais esperam no abrigo para serem adotados — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Há quatro meses que o Negresco encontrou seus novos amigos do lar temporário. Hoje ele está saudável e logo, vai para adoção. Um momento difícil para a Nathiely que já se apegou ao pequeno inquilino.

“Se eu não levar ele para a feira de adoção, não poderei dar um lar temporário a outros cachorros. Ter um animal que me dá amor, uma gratidão pelo que você prestou a ele, não tem preço. Eles não falam, mas o olhar, nada paga”, acredita Fornazier.

No abrigo cada dia é um recomeço. Enquanto os ‘peludos’ lutam para viver, os voluntários lutam contra o abandono. E o simples ato de ver um rabinho balançando é a recompensa de quem se dedica ao projeto.

 
Abrigo cuida de cães e gatos em Cacoal — Foto: Reprodução/Rede Amazônica

Uma feira de adoção de cães e gatos está prevista para acontecer no dia 28 de julho no estacionamento do Cacoal Shopping, a partir das 14h30. No local serão aceitas doações de rações, medicamentos e produtos de higiene pessoal dos animais.

Fonte:  G1 Cacoal e Zona da Mata.

Verifique também

Aneel vota nesta terça proposta que reduz incentivo para quem quer gerar a própria energia

A  Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) vota nesta terça-feira (15) proposta para alteração das regras …