Lúcia Tereza pede contratação de policiais com urgência

Parlamentar afirma que, se não for pelo amor, pedirá à Assembleia um posicionamento mais contundente..

2628A deputada Lúcia Tereza (PP) usou a tribuna durante sessão ordinária da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (12), para pedir o apoio dos demais deputados em benefício dos servidores da Polícia Militar e Polícia Civil de Rondônia. Segundo a parlamentar, a contratação de policiais civis e militares em Rondônia é assunto de urgência.

De acordo com a deputada, há três meses ela vem apresentando requerimento e pedindo a contratação imediata de policiais e não tem obtido resposta por parte do governo do Estado.  Agora, ela disse esperar o apoio dos demais deputados para cobrar uma ação imediata do Executivo.

“Se não for pelo amor, vou pedir que essa Casa tome as providências para uma intervenção, uma providência urgente”, declarou Lúcia Tereza.

Na oportunidade, a parlamentar elogiou a atuação da Polícia Civil que, segundo ela, tem executado um trabalho excepcional na recuperação de máquinas pesadas. As máquinas teriam sido furtadas de vários municípios do Estado.

Lúcia Tereza destacou o trabalho do delegado Alessandro Morey, que através dos trabalhos da equipe da Delegacia Especializada em Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores evitou que muitos dos veículos roubados chegassem ao Estado do Acre, principal rota das quadrilhas especializadas em furto e roubo de caminhões e máquinas pesadas.

A parlamentar disse, ainda, estar atenta ao prazo estipulado pelo Poder Executivo que, segundo Lúcia Tereza, fez um compromisso de até o próximo dia 18 de maio apresentar o realinhamento salarial dos servidores da Polícia Civil em Rondônia.

Uma resolução da Justiça, que suspende a destinação de verbas oriundas de penas pecuniárias até segunda ordem do Tribunal de Justiça (TJ), também foi destacada pela parlamentar em seu pronunciamento.

Segundo Lúcia Tereza, a determinação do TJ poderá afetar muitas ações e trabalhos de programas sociais que acontecem em razão desses recursos.

“Eu espero apenas que a Justiça formate essa resolução e não permita que programas sociais deixem de receber essas verbas”, concluiu a deputada.

Fonte: PortalEspigão

Verifique também

Vereador Professor Hermes solicitou junto ao Prefeito Wéliton a prorrogação do prazo de requerimento para isenção do IPTU para pessoas acima de 60 anos

O Vereador Professor Hermes (PROS) solicitou ao Poder Executivo, com ofício enviado nesta segunda-feira (19), …