Piloto morre carbonizado após queda de ultraleve

quedaO piloto amador Gilberto de Souza Oliveira, de 44 anos, morreu carbonizado na manhã desta terça-feira. Ele pilotava um ultraleve, e caiu a pouco mais de 500 metros da pista do aeroclube, localizado na RO-135, próximo ao “Bar Amigão”, estrada que liga a cidade de Ji-Paraná com o Distrito de Nova Londrina. A aeronave pegou fogo após a queda.

Testemunhas disseram que Gilberto havia acabado de decolar e ainda estava com baixa altitude, quando uma peça da aeronave se desprendeu.

Gilberto de Souza era piloto amador há mais de 20 anos e trabalhava como Operador de Máquinas em um depósito de areia local. No ano passado, Gilberto sofreu uma queda com outra aeronave no mesmo sítio.

Fonte: rondoniagora

Verifique também

Em Vilhena, homem leva tiro após revelar desejo de transar com mulher de amigo

Um homem foi baleado durante uma discussão motivada por ciúmes na noite deste domingo, 21 …