sexta-feira, março 5, 2021

Polícia elucida parcialmente assassinato da Mata da São José em Espigão do Oeste; motivação ainda é desconhecida

Com a desativação da cadeia Zaqueu passou a cumprir sua pena em regime domiciliar. Ao sair de sua residência, o procedimento comum é que o alarme tenha disparado para a central de monitoramento que atualmente funciona no prédio do sistema prisional de Espigão do Oeste, que em casos assim verifica-se a violação e aciona o preso a prestar explicações.

O delegado Rafael Costa Dourado, durante coletiva de imprensa na manhã de hoje (23) explicou que com o acesso do monitoramento da tornozeleira e o serviço rápido do núcleo de inteligência da Polícia Militar, foi possível chegar aos principais suspeitos do crime.

Ao ser interrogado, Zaqueu disse que de fato esteve no local do crime, e que estava acompanhado de Vanderson Alves Camargo, que encontra-se foragido. O delegado pediu a prisão preventiva de Vanderson.

Chegando a casa de Zaqueu os policiais encontram as roupas com visíveis marcas de sangue, o que reforça a tese que Zaqueu participou do crime.

Até o momento não foi revelada qual a motivação do crime, a polícia informou contudo que testemunhas teriam dito que por volta da meia noite, dois homens chegaram a um estabelecimento comercial a chamaram a vítima, sendo que os três saíram em uma moto em direção a mata do bairro São José, local aonde o corpo foi encontrado.

Fonte: Portal Espigão

Verifique também

Em Vilhena, homem leva tiro após revelar desejo de transar com mulher de amigo

Um homem foi baleado durante uma discussão motivada por ciúmes na noite deste domingo, 21 …