Home / Destaque / Polícia Militar realiza prisão de traficantes que negociavam droga através de WhatsApp, em Espigão do Oeste

Polícia Militar realiza prisão de traficantes que negociavam droga através de WhatsApp, em Espigão do Oeste

A Polícia Militar vinha recebendo várias denúncias sobre intensa movimentação de usuários de drogas em uma casa na Rua Mato Grosso. A partir das inúmeras denúncias, foi montado campana nos arredores do local a fim de verificar os fatos narrados pelos denunciantes.

Enquanto a Polícia observava o local uma motocicleta se aproximou, pegou um involucro com uma rapaz e saíram. Na motocicleta estavam o condutor, uma mulher e uma criança. Os policiais passaram a acompanhar o trio e foi abordado próximo a saída para Pimenta Bueno.

A mulher tinha em suas mãos duas porções de maconha, confirmando ter adquirido na casa monitorada pela Polícia com o rapaz que os atendeu. O condutor empreendeu fuga, desobedecendo a ordem de parada da autoridade policial.

Na casa estava, além do rapaz que vendeu a droga para mulher, um segundo envolvido, já com passagem por tráfico, sendo inclusive monitorado através de tornozeleira eletrônica. Em revista, os policiais encontraram 48 invólucros de maconha, já embalados com papel filme, prontos para serem comercializados, um valor de R$150,00 em espécie, dois celulares, rolo de papel filme utilizado para embalar a droga e dois notebooks sem nota fiscal.

Quando indagado, o rapaz confirmou ter vendido a droga para a mulher que havia chegado de moto, mostrando aos policiais o local onde guardava a droga pronta para venda.

Segundo a mulher, ele havia pego o dinheiro emprestado para comprar a droga. Disse que essa era a segunda vez que adquiria droga com o rapaz e que toda negociação era realizada através do WhatsApp.

Os envolvidos foram encaminhados para realizarem os exames de praxe e na sequência apresentados na UNISP onde ficaram a disposição da justiça.

Fonte: Edson S. Ullig – Sabino Sonorização

Verifique também

Como evitar que o medo do coronavírus afete sua saúde mental

Coronavírus é, sim, é uma situação grave, e sim, merece sua vigilância e atenção. No …